quarta-feira, 26 de julho de 2017

Conheça a História de Nando Azevedo!


Nando Azevedo concedeu uma entrevista ao nosso blog, confira:
De onde veio à inspiração para cantar?
Tudo começou em 2004 em um retiro na Igreja em Garanhuns, onde vi uma pessoa chamada Luciana (Missionária da comunidade Shalon) cantar e mim interessei pelo canto. Comecei na Igreja e em 2007 já estava fazendo apresentações em Barzinhos de Fortaleza/CE.
Nando Azevêdo, cantor e compositor, nasceu em Garanhuns, Pernambuco Filho de trabalhadores, ainda criança participou da Banda Marcial escolar e desde já passou a se interessar pelos movimentos culturais e musicais.
A carreira artística em Garanhuns-PE surgiu quando adolescente participou de um grupo formado entre amigos da igreja chamado Ângellus, nada comparado a sua atual carreira, e sim muita música cristã, mais ainda não era o suficiente afinal o DNA de nordestino aflorava quando ao ouvir o ronco da sanfona e a batida inconfundível do zabumba, dentro de si a vontade de poder fazer o que o coração pedia. Afinal Nando Azevêdo criado na cidade do interior pernambucano ouvindo os poetas, violeiros e cantadores nos dias de feira tinha uma identidade muito forte com o seu passado.
Em 2007 em Fortaleza-CE conseguiu maturidade e experiência nos palcos com seu timbre diferenciado e a voz marcante, Nando Azevêdo logo se destacou e passou de ser uma promessa para ser reconhecido. Amante declarado do tradicional forró de pé de serra, em 2009 resolveu iniciar um trabalho totalmente voltado ao estilo. A idéia de trabalhar em carreira solo surgiu no mesmo ano, colocando em prática seus próprios conceitos, então com muita dificuldade montou sua primeira banda, dessa vez com o repertório que pudesse se sentir mais a vontade e que de fato dominasse: xaxado, xote, baião e o arrasta pé.
Por fim, estava nos palcos a pura essência nordestina o verdadeiro Nando Azevêdo, como todo cantador nordestino que se preze o cantor levava em seu repertório as canções de grandes interpretes da musicalidade nordestina como o Rei do Baião (Luiz Gonzaga), Genival Lacerda, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste, Nando Cordel, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Flávio José e muitos outros.

Apresentou-se em diversos lugares, entre eles Festival de Inverno de Garanhuns (2012, 2013 e 2014,2016); Cavalhadas, Cavalgadas, Vaquejadas Confraternização do Hospital Otávio de Freitas 2012, Cultura Livre nas Feiras 2012 e 2013 realizado pelo Governo de Pernambuco, (2011, 2012, 2013 e 2014); Festival Viva Dominguinhos(2014, 2015, 2016.2017), Sala de Reboco em Recife-PE (2015,2016) Patio do Forro em Caruaru(2014,2015), esteve ao lado tocando com Sirano e Sirino,Flor de Mandacaru(Ex integrante da Banda), Marciel Melo, Ira Caldeira, Nadia Maia, Josildo Sa, Petrucio Amorim, Santanna, Dominguinhos Vavá Machado e Marculino, Jorge Silva,Cezinha entre outros.

Hoje o seu show é composto de grandes sucessos que marcaram épocas e continuam na boca e no coração do Povo. Com quatro cds gravados a característica maior de Nando Azevêdo é sem dúvidas, a fidelidade às origens do forró, preocupando-se com o conteúdo das canções, a fim de valorizar a sua própria cultura, o cotidiano e o berço do povo nordestino. Além dos enredos, o ritmo fervoroso e a interação com o público é a sua maior marca, que contagia públicos de todas as classes sociais e idades; sendo este um nome para a comunidade nordestina.

Atualmente Nando Azevêdo sente-se preparado pra buscar novos horizonte e voltar as suas origens para quem sabe poder cantar para o seu povo, para o Brasil e para o mundo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário