quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Polícia Civil cumpre mandados de prisão e desarticula quadrilha em Saloá!



Nesta quarta-feira (30), policiais civis da Delegacia de Saloá, no Agreste, sob o comando do Delegado Alysson Câmara, contando com o apoio da Delegacia de Paranatama, deram cumprimento a três mandados de prisão preventiva expedidos pelo Juízo de Direito da Comarca de Saloá Dr. Rômulo Bastos, após parecer favorável do Ministério Público, resultado de intenso trabalho de investigação realizado por toda a equipe: Delegado, Comissários, Agentes e Escrivã, que foi iniciado desde a semana passada, objetivando identificar os responsáveis pelos recentes assaltos à mão armada que vinham amedrontando e retirando a paz e tranquilidade da população de Saloá, foram presos; Lucinaldo Pereira Santos, vulgo “Lágrima” de 22 anos, desempregado, residente no Sítio Mochila, zona rural de Garanhuns e os irmãos Janailson dos Santos, de 21 anos, desocupado e Marcelo dos Santos, 19 anos, desocupado, ambos moradores de Saloá.
É importante destacar, que os presos são apontados como envolvidos em pelo menos três roubos ocorridos em Saloá, praticados contra populares para roubarem seus aparelhos celulares e a estabelecimentos comerciais, sempre utilizando-se de motocicleta e arma de fogo, os quais já foram reconhecidos por diversas vítimas e testemunhas. Após as formalidades legais, realização de exame de corpo de delito, foram os presos recolhidos à Cadeia Pública de Saloá, onde permanecerão à disposição da Justiça.
Com essas três prisões de hoje, já se somem quatro assaltantes retirados de circulação só este mês, a última prisão ocorreu dia19/08/2017, quando foi preso Genailton da Silva Pereira, de 27 anos, que já responde por roubo majorado e vinha aterrorizado a população do pacato Povoado de Iateca, zona rural de Saloá, crime ocorrido no dia 14/08/2017, no Sítio Brejão do Araújo, zona rural de Saloá, o qual é foragido do Presídio de Canhotinho e está recolhido na Cadeia Pública de Saloá.

Fonte: Agreste Violento

Nenhum comentário:

Postar um comentário