quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Danilo Cabral, um Deputado ativo a favor do Povo!
 
Foto: Divulgação/Facebook


O segundo semestre da Câmara dos Deputados teve início com a votação da denúncia da Procuradoria Geral da república contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. Por 263 votos, a denúncia foi arquivada. Dos 513 parlamentares da casa, 227 defenderam que a investigação tivesse continuidade no Supremo Tribunal Federal. Para o deputado Danilo Cabral (PSB-PE), o resultado mostra que a Câmara mais uma vez, deu as costas para a sociedade.
O parlamento está dizendo que nem todos são iguais perante lei, como preconiza a Constituição Federal. Foi um tapa na cara da sociedade, opinou Danilo Cabral. Segundo ele, o povo brasileiro deseja simplesmente saber a verdade sobre os graves fatos denunciados pela Procuradoria Geral da República. Ele foi o 478º parlamentar a votar e, ao discursa dever afirmou que seu voto foi em respeito ao povo de Pernambuco, que entende que ninguém está acima da lei, que a Justiça deve ser igual para todos. “Votei ‘não’ em respeito ao povo Pernambucano e a decisão do meu partido, o PSB” justificou.

Danilo Cabral avalia que o arquivamento da denúncia não estanca a crise política que o Brasil atravessa, embora o governo tente criar um clima de normalidade e prosseguimento às pautas que tramitam no Congresso Nacional. O Deputado lembra que há a expectativa de a PGR oferecer outras duas denúncias contra o presidente, por obstrução de justiça e organização criminosa. Ele ressalta que, dificilmente, o governo consegue manter sua base para arquivar essas denúncias. 

Um comentário:

  1. Danilo Cabral e todos os outros deputados federais votados em saloá, são todos pilantras. Ajudaram a dar o golpe no Brasul e agora querem pousar de santinhos. ´MUITA CARA DE PAU. o povo de saloá não é besta não. Ou compram o povo ou não vai ter voto.

    ResponderExcluir